advertorial

BEM ESTAR

[COVID-19] Israel, Rússia e a triste ilusão. Mesmo com a população vacinada os surtos da nova variante não param.

Número de óbitos superou o pico da 2ª onda na Rússia. Nova variante Delta é agressiva e está destruindo famílias. Saiba como proteger a sua.

Por Cássia Malta, B.E.

6 de julho de 2021 05h01 Atualizado há uma hora

Cidadão Israelense entubado após contrair nova variante Delta.

10 dias foram suficientes para a aflição tomar conta da população de Israel. No dia 25 de junho de 2021 as autoridades impuseram em caráter urgente a obrigatoriedade do uso da máscara em lugares fechados.

 

Israel que foi conhecida pela sua agilidade e pela maior taxa de vacinação no mundo acreditava fielmente que a imunidade coletiva seria a saída para o fim do Covid no país.

 

O aumento de casos de covid-19 em Israel, onde a maioria da população recebeu a vacina, é um “sinal preliminar” de que este imunizante pode ser menos eficaz para prevenir as formas leves do coronavírus provocadas pela variante delta – afirmou um especialista nesta segunda-feira (5).

 

A vacinação reduziu a transmissão para cinco novos casos locais diários. Nos últimos dias, porém, o número aumentou para quase 2000 por causa da variante delta.

Países batem recorde em contaminações pela nova variante, internauta desabafa: “Eu sinto que quando a gente vê os números, não parecem reais, parecem apenas números. A dor começa mesmo quando damos nomes a eles. E hoje doeu em mim.”

“Quase metade dos casos diários acontece em crianças, e a outra metade, em adultos, mesmo sem comorbidades – em sua maioria vacinados. Nesses países a máscara será obrigatória em TODOS os locais, EXCETO NAS RESIDÊNCIAS”, alerta um comunicado.

Conheça a história que fez nosso jornal refletir. “A dor começa mesmo quando damos nomes a eles. E hoje doeu em mim”

Nossa correspondente em Israel conheceu a história de uma linda família em um momento de muita dor. “A dor começa mesmo quando damos nomes a eles. E hoje doeu em mim” conta a viúva que viu sua família adoecendo sem poder fazer nada.

 

Em 1971 um casal no auge da sua felicidade e com a permissão de sua família decidiu se casar. 49 anos depois, com um casal de filhos, perto das suas Bodas de Ouro (50 anos de matrimônio) sua família foi dividida.

 

Antônio de 72 anos, foi quem começou a sentir os primeiros sintomas de Covid, no dia 13 de junho de 2021. Ele chegou a ser internado, mas faleceu em 19 de junho, e 2 dias depois toda a família testou positivo.

Zilda e Antônio, semanas antes de falecerem.

Sua esposa Zilda faleceu 5 dias depois, a terceira onda estava devastando toda sua família, em seguida Joana a filha do casal faleceu aos 48 anos.

 

Paulo, o filho mais novo de 41 estava entubado na UTI e não teve a oportunidade de se despedir da família, portador de comorbidades não resistiu e veio a falecer com 74% do pulmão comprometido.

 

Em menos de 3 dias uma família e sua história foram levadas pela Covid, Joana deixou seu marido, 2 filhas, 1 neta e Paulo deixou sua esposa.

 

Em respeito e solidariedade à família estamos preservando os nomes reais e utilizando nomes fictícios.

Família impossibilitada de realizar velório tradicional devido a Covid

Tudo perde sua relevância quando entendemos que nosso bem maior é a nossa vida, nossa equipe trouxe esse relato tão forte e nos fez pensar em quantas histórias como essa nunca saberemos, quantas histórias não serão contadas…

 

De acordo com especialistas, as máscaras de tecido podem trazer uma falsa sensação de proteção, principalmente pois muitas pessoas se descuidaram. A hora de investir em máscaras da mais alta qualidade chegou, pois essa é a única forma de evitar que histórias como essa se repitam.

 

Países europeus como França, Alemanha e Áustria já proibiram o uso de máscaras caseiras, tendo em vista que elas não oferecem a proteção necessária contra as novas variantes.

Pouco divulgado no Brasil: KN95 em ALTA ESCALA.

Produção em massa de máscaras KN95

Uma empresa voltou a produzir a máscara de uso profissional KN95 em alta escala, essa máscara é a mais indicada pela OMS pela sua grande capacidade de vedação, ampla filtragem mecânica e eletrostática, máxima eficiência e proteção ao usuário, e ainda são reutilizáveis.

MÁSCARAS DE PANO (CASEIRAS)

MÁSCARAS CIRÚRGICAS

MÁSCARA PROFISSIONAL (KN95)

Sabemos que a vida não pode parar e que você precisa trabalhar. Não dê chance para a covid-19, se puder, fique em casa! Mas se precisar sair, use máscara KN95 e esteja mais protegido.

ONDE ENCONTRO A MÁSCARA KN95 ORIGINAL?

O compromisso do Bem Estar é levar sempre o melhor para os nossos leitores, pensando nisso, realizamos uma pesquisa de mercado para encontrar um fornecedor de máscaras KN95 com o melhor custo-benefício no Brasil.

Por meio da pesquisa, percebemos que há várias falsificações no mercado, principalmente em lojas físicas.

 

Mas não se preocupe, pois encontramos o site oficial de vendas de um dos principais fornecedores das máscaras KN95 do Brasil (acesse clicando aqui).

 

O consumidor que efetuar a compra através desse site oficial terá a tranquilidade de saber que está adquirindo um produto original e certificado.

 

Entramos em contato com esse fornecedor em busca de uma parceria em forma de desconto para os leitores do Portal Saúde e conseguimos!

 

Para aproveitar essa promoção exclusiva de 70% de desconto e Frete Grátis, é muito simples: clique na imagem abaixo ou neste LINK ESPECIAL, assim o desconto vai ser aplicado automaticamente.

FRETE GRÁTIS PARA TODO BRASIL

Atenção: aproveite 70% de desconto, FRETE GRÁTIS e parcelamento em 12x, clicando no botão abaixo:

BEM ESTAR

Aviso Legal: É expressamente proibida a cópia ou reprodução de todas as imagens e textos desse site, ficando os infratores sujeitos as penalidades cabíveis. Venda proibida para menores de 18 anos. Os resultados podem variar de pessoa para pessoa. As informações contidas neste site ou nos e-mails enviados foram elaboradas apenas para propósitos educacionais.

© 2018 – Todos os direitos reservados.
RP SERVIÇOS DIGITAIS – CNPJ:36.835.663/0001-73
email: [email protected]
tel: (11) 93091-7492
REGISTRO ANVISA: 82076710008